Páginas

Projeto: 19 antes dos 19

Olá, minha gente querida!
Sei muito bem que a vida de qualquer brasileiro só começa após o carnaval e confesso que meu carnaval deste ano vai ser bem parado (como sempre, pois detesto esse feriado!). E eu como boa brasileira só iniciarei minhas atividades a partir da semana que vem. Faltei na faculdade por duas semanas para conhecer Fortaleza, viagem incrível que está acabando hoje, infelizmente.
Mas a promessa é de que tudo volte ao normal: as aulas exaustivas, o aerodesign, a vida mais agitada e a preguiça também mais constante. E após férias mais que merecidas, começo a colocar meus projetos e resoluções em prática. 
Que mulher gordinha não quer emagrecer? Pois é, um belo dia me pesei, me olhei no espelho e vi o quão grande eu estava. Meus shorts já começavam a ficar apertadinhos e todo o meu esforço para emagrecer há exatamente um ano foi jogado fora! E sim, eu vim para as mais belas praias parecendo uma porpeta, tudo pela falta de iniciativa e de auto-controle para fazer uma dieta, atitude da qual, olhando para as fotos, me arrependo profundamente... 
Mas, antes tarde do que nunca, certo?
A ideia é perder 19 kg antes dos meus 19 anos, ou seja, antes do dia 5 de julho. 

Já escolhi o método. Opa! Já escolhi a dieta. Tentei friamente fugir das dietas mirabolantes e das com cardápios muito rigorosos pois estas além de terem poucas chances de sucesso são impossíveis para mim, que mal tenho tempo de ir ao mercado e de ficar cozinhando o tempo todo.
Escolhi uma dieta que está super famosinha no momento: a dieta Dukan (ou a dieta francesa das proteínas, ou a dieta da princesa).


Por que escolhi essa dieta?

O principal motivo para a escolha foi a combinação perfeita que ela traz: o emagrecimento rápido e uma forma de mantes esses resultados, evitando o efeito sanfona que acabou de acontecer comigo. Além desses dois pontos, a dieta não traz cardápios mirabolantes e rigorosos. A dieta Dukan traz restrições, que ao meu ver são práticas. 


Como funciona a Dieta Dukan?

A dieta Dukan, criada pelo Dr. Pierre Dukan, é dividida em 4 fases, sendo duas para emagrecimento e duas para manutenção. São elas:

1ª fase: ataque

Essa fase é a mais rigorosa de todas. É aquela que vai dar um choque no organismo. Num período de 2 a 7 dias, geralmente, quem faz a dieta só vai poder comer proteínas puras. Ou seja, carnes magras, peixes, aves, ovos inteiros... Aqui também se pode incluir lacticínios com 0% de gordura, como iogurtes, queijo cottage, leite desnatado. É muito importante beber bastante líquido (água, chá ou café sem açúcar). Também é obrigatória uma caminhada diária de 20 minutos e a ingestão de uma colher e meia de sopa de farelo de trigo. O ideal para o tanto de massa que eu quero perder, é realizar essa fase durante 5 dias. Deixarei um vídeo de quase uma hora aqui no post explicando direitinho todas as fases. É um resumo bem completinho daquele livro "Não consigo emagrecer" que eu li em pdf. Logo eu pretendo voltar aqui no Caneta Estourada e contar como foi minha experiência nessa fase. 

2ª fase: cruzeiro

O nome desta fase remete ao fato de que nela você pode cruzar alguns alimentos. Além dos alimentos permitidos na primeira fase, já se pode ingerir alguns legumes e algumas verduras. O cardápio sugerido é 1/1, isto é, em um dia comemos legumes + verduras + proteínas e no outro voltamos a comer apenas proteínas. A duração desta fase é o tanto que precisar para se chegar ao Peso Ideal. Nesta fase também é muito importante ingerir muito líquido (pelo menos 1,5l de água). Aumentamos a quantidade de farelo de aveia a ser consumido para duas colheres de sopa. Além disso aumentamos em 10 minutos o tempo de caminhada diária. Essa parece, para mim, a fase mais difícil, pois ela pode durar bastante tempo, e ainda corremos o risco de entrar num efeito platô (fazermos tudo certinho e ainda não vermos mudança na balança, o que desanima só de pensar), de cair em tentações, de desistir. Também pretendo compartilhar o meu progresso dessa fase aqui no blog. 

3ª fase: consolidação

Lendo sobre a dieta Dukan, já enfiei na minha cabeça que essa fase é indispensável. É ela que vai fazer com que a gente não engorde novamente. Como o nome diz, é a fase em que vamos consolidar o peso que conquistamos. Nela já temos mais alimentos liberados: podemos comer uma porção de fruta por dia, 40g de queijo, duas fatias de pão 100% integral, alguns tipos de carne deixam de ser restritos e ainda ganhamos duas refeições de gala por semana, onde podemos comer algo que faz falta no nosso dia a dia como macarrão, arroz, feijão. A única condição é que não repitamos o prato! Uma vez por semana também temos que fazer o dia da proteína, comendo só os alimentos da primeira fase. O Seiiti vai explicar melhor. A regra dos líquidos continua valendo. Aumentamos a quantidade diária para 2 colheres e meia de sopa de farelo de aveia.Podemos reduzir o tempo de caminhada em 5 minutos, mas podemos manter em 30 minutos por dia. Não sei nem se eu conseguirei chegar nessa fase, porém espero muito conseguir, primeiro para o meu bem estar e segundo para compartilhar com quem quer que esteja lendo isso aqui, buscando os mesmos objetivos que eu.

4ª fase: estabilização

Essa fase é, na teoria, para durar a vida toda. Tudo volta a ser liberado!!! Mas obviamente que você não vai voltar a fazer aquele prato que mais parece uma montanha né?! Aliás, acho que se eu chegar aqui, vou ter aprendido aos poucos a comer bem e a comer pouco. A regrinha do um dia de proteína ainda vale. Uma vez por semana fazemos a "dieta do ataque". Meu objetivo é conseguir estar aqui até meados de outubro ou novembro... Vamos ver né minha gente. 

Esse é um resuminho bem básico da dieta, mas eu recomendo a leitura do livro pois ele explica o porque das coisas e ainda tem certinho a lista de alimentos que podem ou não ser consumidos em cada fase. Se você não quer comprar o livro "Eu não consigo emagrecer", é só clicar aqui e baixar uma versão ilustrada. (Eu não coloquei o livro disponível para download, apenas estou divulgando um link).
Também deixo abaixo um vídeo do Seiiti, um japonês do site Natugood que explicou direitinho tudo sobre a Dieta Dukan e já me conquistou com a sua simpatia. O vídeo é bem compridinho, mas para quem está interessado em fazer a dieta, vale a pena assistir!






Então é isso! Espero de fato ter força de vontade e conseguir ir até o fim. Fica aí o meu projeto, quem quiser acompanhar é só clicar em "Participar" na coluna à direita e me seguir no twitter (@_yellowfant), onde eu sempre vou acabar comentando da minha vida e inclusive, da minha dieta. Alguém já fez a dieta? Deixe sua experiência com a Dieta Dukan ou outras nos comentários. Sério... pode me ajudar muito!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário